Aplicação Reiki

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Em pesquisa de 2014, feita na Escola de Enfermagem de São Paulo, a coordenadora do projeto, Léia Fortes Salles testou 66 pacientes com hipertensão arterial, onde todos tinham valores da pressão iguais ou acima de 140×90 mmHg.

A pesquisa foi motivada pela já comprovada eficácia do Reiki em diversos sintomas, como citado no artigo:

“Em vários estudos, realizados por enfermeiras, encontramos como resultado da aplicação do Reiki a diminuição de enxaqueca, dor, fadiga, ansiedade, náuseas e vômitos, o aumento no relaxamento e a aceleração da cicatrização como possíveis benefícios, além do aumento na disposição para modificar hábitos e estilos de vida poucos saudáveis.”

Os 66 pacientes foram divididos em 3 grupos: controle (ficaram em repouso por 20 minutos), placebo (ficaram em repouso e receberam imitação de Reiki por uma pessoa não iniciada em Reiki, por 20 minutos) e o grupo experimental, que receberam Reiki de uma pessoa iniciada na técnica por 20 minutos).

Os resultados mostram que nos 3 grupos houve redução da pressão arterial, e isso era esperado, já que, no grupo controle, que descansou por 20 minutos, é sabido que o descanso pode contribuir na redução da pressão arterial.
O grupo placebo recebeu uma imitação de Reiki e embora a pessoa responsável pela intervenção não fosse iniciada na técnica Reiki, ela – assim como todos os seres vivos – emite energia.
E, por fim, o grupo experimental, recebeu a técnica Reiki e foi o que resultou em maior diminuição nos níveis da pressão arterial como esperava a hipótese, corroborando com estudo anteriormente apresentado.

A pressão média no grupo experimental caiu de 161×96 mmHg antes da aplicação para 147×88 mmHg após a aplicação.

Concluíram assim que “o Reiki teve efeito positivo na diminuição da pressão arterial alterada, sugerindo ser uma técnica complementar para o controle da hipertensão”.

Esse resultado é devido à capacidade do Reiki em promover um relaxamento profundo, restabelecendo assim o equilíbrio energético, físico, mental e emocional do Ser.

O artigo cientifico original é encontrado na biblioteca virtual Sielo, no link: http://www.scielo.br/pdf/ape/v27n5/pt_1982-0194-ape-027-005-0479.pdf[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo protegido